https://www.revistatransportes.org.br/anpet/issue/feed TRANSPORTES 2021-09-14T09:49:04-03:00 Mariane Petroski secretaria.transportes@anpet.org.br Open Journal Systems <p>TRANSPORTES (ISSN: 2237-1346) é o único periódico técnico-científico nacional que publica artigos em todos os campos da Engenharia de Transportes e ciências afins. Manuscritos submetidos para publicação são analisados por especialistas de renome nacional e internacional. TRANSPORTES tem periodicidade quadrimestral e é uma publicação da Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes - <a href="http://www.anpet.org.br" target="_blank" rel="noopener">ANPET</a>, uma entidade que reúne pesquisadores, especialistas e estudantes do Brasil e do exterior.</p> <div style="background-color: yellow;"> <p>Em função das restrições e impactos da COVID-19, o atendimento aos leitores, avaliadores e, principalmente, aos autores poderá ser menos rápido que o normal. Todo o nosso corpo editorial é formado por voluntários que também estão sendo afetados pelas medidas adotadas para contenção dessa pandemia. Contamos com sua compreensão.</p> </div> https://www.revistatransportes.org.br/anpet/article/view/2391 Rejeito de minério de ferro como agregado mineral fino em misturas asfálticas 2021-03-11T20:21:30-03:00 Igor Castro Sá de Oliveira oliveira.igor@usp.br Adalberto Leandro Faxina adalberto@usp.br <p>A crescente produção mineral gera volumes gradativamente maiores de resíduos sólidos, motivando a realização de estudos que viabilizem o aproveitamento desses resíduos em outras áreas. O objetivo deste trabalho é avaliar a utilização do rejeito de flotação do minério de ferro, que se assemelha a uma areia fina, como material constituinte de misturas asfálticas. Foram produzidas misturas asfálticas completas (MAC) e matrizes de agregados finos (MAF) empregando agregados de gnaisse e rejeito de minério de ferro. A MAC foi avaliada por meio da resistência à tração e dano por umidade induzida. As MAFs foram submetidas a ensaios de fadiga no reômetro de cisalhamento dinâmico, gerando modelos de fadiga das amostras com e sem condicionamento à umidade. A melhor adesividade do ligante asfáltico ao rejeito proporcionou maior resistência à tração na MAC e maior vida de fadiga à MAF condicionada, além de reduzir a suscetibilidade à umidade nas duas escalas.</p> 2021-09-14T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Igor Castro Sá de Oliveira, Adalberto Leandro Faxina https://www.revistatransportes.org.br/anpet/article/view/2381 Controle de temperatura do concreto asfáltico em restauração rodoviária: seu impacto nos índices iniciais de irregularidade longitudinal do pavimento 2020-10-04T22:04:28-03:00 Débora Raquel Pavi deborapavi@sie.sc.gov.br Deividi da Silva Pereira dsp@ufsm.br Lucas Dotto Bueno lucas.bueno@ufsm.br Luciano Pivoto Specht luspecht@ufsm.br Fernando Zucchi fernando.zucchi@ufsm.br Rogério Cattelan Antocheves rogerio@ufsm.br <p class="Resumoeabstract"><span lang="PT-BR">A irregularidade do pavimento está relacionada à percepção de conforto do usuário. Logo, sua quantificação é fundamental, inclusive na fase executiva, para mitigar seus impactos no desempenho dos pavimentos. Neste contexto, este trabalho objetivou monitorar a irregularidade longitudinal antes e após a execução de uma restauração rodoviária, onde foi avaliada a redução efetiva do IRI, e identificadas as singularidades construtivas que impactaram neste índice, a partir do acompanhamento detalhado do processo executivo, com ênfase no monitoramento da temperatura do CA aplicado com câmera termográfica. Durante este acompanhamento, foram identificadas algumas situações extraordinárias determinantes para os picos de IRI, destacando-se a distribuição irregular de massa pela vibroacabadora; acabamento manual da superfície; execução incorreta das juntas transversais; e os diferenciais térmicos nos panos de execução. As análises a partir do HDM-4, relacionando valores de IRI com os custos operacionais dos usuários, indicaram que as falhas construtivas observadas afetaram sensivelmente seus custos.</span></p> 2021-10-05T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2021 Débora Raquel Pavi