Envelhecimento UV de ligantes asfálticos

Letícia Socal da Silva, Maria Madalena de Camargo Forte, Philippe Bartolomeo, Fabienne Farcas, Françoise Durrieu

Resumo


A deterioração de um pavimento está relacionada com o envelhecimento do ligante asfáltico. A radiação solar UV é um importante iniciador de reações que ocorrem na superfície do ligante asfáltico, formando uma camada oxidada e quebradiça. O método de simulação clássica de envelhecimento (RTFOT + PAV) em laboratório não leva em consideração o efeito da radiação UV. Com o objetivo de avaliar a influência da radiação UV no envelhecimento de ligantes asfálticos, sessões de exposição a radiação UV foram intercaladas entre os ensaios de simulação clássica. Dois ligantes asfálticos, quimicamente distintos, foram envelhecidos e avaliados, segundo sua composição química e estrutural, antes e após cada etapa da simulação de envelhecimento. A seqüência de ensaios proposta para simulação e avaliação do envelhecimento de ligantes asfálticos sob radiação UV mostrou-se altamente satisfatória. Os ligantes apresentaram mecanismos de envelhecimento distintos, tanto através de simulação clássica quanto através de exposição à radiação UV. A presença de vanádio na composição química dos ligantes foi determinante no envelhecimento sob radiação UV, comportando-se como um fotocatalisador na formação de aglomerados de macromoléculas na superfície do material.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/transportes.v13i2.100

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2005 Letícia Socal da Silva, Maria Madalena de Camargo Forte, Philippe Bartolomeo, Fabienne Farcas, Françoise Durrieu

TRANSPORTES (ISSN: 2237-1346) é uma publicação da ANPET - Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes (www.anpet.org.br)

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.