Modelo de geração de viagens de carga em áreas urbanas: um estudo para bares, restaurantes e supermercados

Leise Kelli de Oliveira, Renata Lúcia Magalhães de Oliveira, Cláudia Márcia de Fátima Ramos, Daniel Gonçalves Ebias

Resumo


A distribuição urbana de mercadorias está diretamente relacionada ao desenvolvimento econômico, apesar dos impactos negativos relacionados a esta atividade. Uma forma de minimizar tais impactos é utilizando-se políticas públicas e, para isto, os modelos de geração de viagens de carga podem ser uma estratégica para conhecer o comportamento do fluxo de carga no meio urbano. Nesse contexto, este trabalho revisa os modelos de geração de viagens de carga no contexto brasileiro e propõe modelos para importantes setores em Belo Horizonte: Bares, Restaurantes, Mercados e Supermercados. Para tanto, utilizou-se de pesquisa de campo para coleta de informações nos segmentos analisados, cujos dados foram analisados buscando determinar a melhor correlação entre as variáveis que descrevem a geração de viagens. Os resultados obtidos indicaram que a taxa de geração de viagens em relação à área do estabelecimento comercial foi o modelo que apresentou o melhor ajuste. Além disso, o desenvolvimento de modelos para as diferentes regionais da cidade, além do modelo geral, indicou a importância de análises locais para a avaliação da movimentação da carga. Por fim, a comparação dos modelos obtidos com os modelos encontrados na literatura brasileira indicou semelhanças e divergências e reforçou a necessidade de modelos locais, especializados para os diferentes setores econômicos.


Palavras-chave


Transporte de Carga Urbana; Modelo de Geração de Viagens

Texto completo:

PDF

Referências


Belo Horizonte (2015a) Cadastro municipal de contribuintes de tributos. Base de Dados. Prefeitura de Belo Horizonte.

Belo Horizonte (2015b) Estatística e Indicadores. Economia. Prefeitura Municipal de Belo Horizonte.

Belo Horizonte (2015c) Mapas e dados estatísticos. Prefeitura Municipal de Belo Horizonte.

Campos, V. B. G., D’Agosto, M. A., CRUZ, I., SOUZA, C. D. (2012) Polos Geradores de Viagens de Carga. In: Portugal, L. S. (Org.). Polos Geradores de Viagens Orientados a Qualidade de Vida e Ambiental: Modelos e Taxas de Geração de Viagens. Rio de Janeiro: Interciência, 2012. Cap 16, p. 531-564.

Campos, V. B. G., Melo, I. C. B. (2004) Análysis de la demanda de transporte de carga en area urbana bajo el punto de vista de la production y de la atracción de viajes. VI Congreso de Ingenieria del Transporte (CIT 2004). Zaragoza, Espanha.

D’Agosto, M. A., Rosa, R. A., Ferreira, A. F., Oliveira, C., M. (2014) Trip generation centers (TGC Cargo) environmental performance evaluation: Libra TECON Terminal case study – Rio de Janeiro – Brazil. In Panam 2014, Santander. Espanha.

ESRI. ArcGis 10.1 Help – How Kernel Density Works, 2012.

Gasparini, A. (2008) Atratividade do transporte de carga para polos geradores de viagem em áreas urbanas. 256 p. Dissertação. Instituto Militar de Engenharia, Rio de Janeiro.

Gasparini, A., Campos, V. B. G., D’Agosto, M. A. (2010a) Modelos para estimativa da demanda de viagens de veículos de carga para supermercados e shopping centers. Transportes, 18 (1), 59-65.

Gasparini, A., Campos, V. B. G., D’Agosto, M. A. (2010b) Uma análise da demanda de veículos em supermercados. XVI Panam, Lisboa (Portugal).

GONÇALVES, F. S., Lemos, D. S. C. P. S.; Kneib, E. C., Portugal, L. S. (2012) Caracterização dos Polos Geradores de Viagens. In: Portugal, L. S. (Org.). Polos Geradores de Viagens Orientados a Qualidade de Vida e Ambiental: Modelos e Taxas de Geração de Viagens. Rio de Janeiro: Interciência, 2012. Cap1, p. 3-41.

Gonzalez-Feliu, J., Semet, F., Routhier, J. L., (2014) Sustainable urban logistics: concepts, methods and information system. Berlim: Springer.

Grieco, E. P., Portugal, L. S. (2010) Taxas de geração de viagens em condomínios residenciais – estudo de caso. Transportes, 18 (1), 87-95.

Guimarães, V. A., Leal Junior, I. C., D’Agosto, M. A., Ferreira, A. F., Oliveira, C. M. (2014) Desempenho ambiental de polos geradores de viagens de carga. Journal of transport literature, 8, 3, 250-269.

Holguín-Veras, H., Jaller, M., Destro, L., Ban, X., Lawson, C., Levinson, H. (2011) Freight generation, freight trip generation and perils of using constant trip rates. Transportation Research Record: Journal of the Transportation Research Record, 2224, 68-81.

IBGE (2015) Cidades@. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Jb

ITE (2008) Trip Generation: An ITE Informational Report. ITE.

LONGLEY, P. A. et al. Sistemas e Ciência da Informação Geográfica. 3a edição ed.[s.l.] Bookman, 2013.

Marra, C. (1999) Caracterização de demanda de movimentações urbanas de cargas. Dissertação de Mestrado. Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

Melo, I. C. B. (2002) Avaliação de demanda por transporte de carga em áreas urbanas. 2002. 173 p. Dissertação de Mestrado. Instituto Militar de Engenharia, Rio de Janeiro.

Oliveira, C. M., Ferreira, A. F., D’Agosto, M. A., Leal Junior, I. C., Guimarães, V. A. (2014) Aprimoramento do desempenho ambiental de polos geradores de viagens (PGV carga): estudo de caso do terminal Sepetiba Tecon. Journal of Transport Literature, 8 (3), 270-289.

Oliveira, L. K. (2014) Diagnóstico das vagas de carga e descarga para a distribuição urbana de mercadorias: um estudo de caso em Belo Horizonte. Journal of Transport Literature, vol. 8, n. 1, pp. 178-209.

Portugal, L. S. (2012) Polos Geradores de Viagens de Carga. Polos Geradores de Viagens Orientados a Qualidade de Vida e Ambiental: Modelos e Taxas de Geração de Viagens. Rio de Janeiro: Interciência.

Prata, B. A., Oliveira, L. K., Dutra, N. G. S., Pereira Neto, W. A. (2012) Logística Urbana: fundamentos e aplicações. Curitiba: Editora CRV.

Rogerson, P. A. Métodos Estatísticos para Geografia: Um Guia para o Estudante. 3a Edição ed.Porto Alegre: Bookman, 2012.

Silva, M. R., Waisman, J. (2007) Cargas urbanas: estudo exploratório sobre a geração de viagens de caminhões em bares e restaurantes. In: 16º Congresso Brasileiro de Transporte e Trânsito, Maceió.

Spiegel, M. R. (1972) Estatística. Editora McGraw-Hill.

Taniguchi, E., Thompson, R., Yamada, T., Duin, R. (2001) City Logistics: Network Modelling and Intelligent Transport Systems. Oxford: Pergamon.




DOI: https://doi.org/10.14295/transportes.v24i2.1058

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2016 Leise Kelli de Oliveira, Renata Lúcia Magalhães de Oliveira, Cláudia Márcia de Fátima Ramos, Daniel Gonçalves Ebias

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

TRANSPORTES (ISSN: 2237-1346) é uma publicação da ANPET - Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes (www.anpet.org.br)

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.