Propriedades mecânicas de concretos asfálticos dosados com rejeitos do beneficiamento magnético a seco do minério de ferro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14295/transportes.v28i1.1964

Palavras-chave:

Misturas asfálticas, Agregados alternativos, Rejeitos de minério de ferro.

Resumo

Este estudo avalia o comportamento mecânico de três misturas asfálticas, uma de referência e duas com substituição dos agregados naturais por rejeitos finos de minério de ferro. Os rejeitos são provenientes de uma inovadora tecnologia de obtenção, a separação magnética a seco. A metodologia consistiu de um programa experimental dividido em quatro etapas: (i) determinação das características físicas, mineralógicas e ambientais dos agregados; (ii) obtenção as propriedades reológicas e empíricas do cimento asfáltico de petróleo; (iii) dosagem dos materiais de revestimento asfáltico pela metodologia Superpave; (iv) realização de ensaios de dano por umidade induzida, resistência à tração por compressão diametral, fadiga à tensão controlada, módulo de resiliência e uniaxial de cargas repetidas nas misturas asfálticas. Os concretos asfálticos que continham agregados alternativos apresentaram propriedades de rigidez e fadiga similares à mistura de referência. Entretanto, com a utilização de rejeitos de minério de ferro houve maior susceptibilidade ao acúmulo de deformações permanentes. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AASHTO M322 (2014) Standard specification for performance-graded asphalt binder using multiple stress creep and recovery (MSCR) test. American Association of State Highway and Transportation Officials.

AASHTO M323 (2017) Specification for Superpave volumetric mix design. American Association of State Highway and Trans-portation Officials.

ABNT NBR 10004 (2004) Resíduos sólidos – classificação. Associação Brasileira de Normas Técnicas.

Apaza, F. R. A.; Guimarães, A. C. R.; Sousa, M. A. S. e Castro, C. D. (2018) Estudo sobre a utilização de resíduo de minério de ferro em micro revestimento asfáltico. Transportes, v.26, n.2, p. 118-138. DOI: 10.14295/transportes.v26i2.1254.

Aragão, F. T. S.; Pazos, A. R. G.; Motta, L. M. G.; Kim, Y. e Nascimento, L. A. H. (2016) Effects of morphological characteristics of aggregate particles on the mechanical behavior of bituminous paving mixtures. Construction and Building Materials, n. 123, p. 444-453. DOI: 10.1016/j.conbuildmat.2016.07.013.

ASTM D2041 (2011) Standard test method for theoretical maximum specific gravity and density of bituminous paving mixtures. American Society for Testing and Materials.

ASTM D6373 (2016) Standard specification for performance graded asphalt binder. American Society for Testing and Materials.

Barros, L. M. (2017) Deformação permanente de misturas asfálticas: avaliação do desempenho pelo critério de flow number de misturas quentes e mornas. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil), Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

Bastos, J. B. S.; Soares, J. B. e Nascimento, L. A. H. (2017) Critério para os resultados do ensaio uniaxial de carga repetida de misturas asfálticas em laboratório a partir do desempenho em campo. Transportes, v. 25 n. 2, p. 25-40. DOI: 10.14295/transportes.v25i2.1284.

Budny, J. (2012) Avaliação do comportamento mecânico de misturas asfálticas mornas. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil), COPPE/UFRJ, Rio de Janeiro.

Costa, A. V.; Gumieri, A. G. e Brandão, P. R. G. (2014) Piso intertravado produzido com rejeito de sínter feed. Revista IBRACON de Estruturas e Materiais, v. 7, p. 228-259. DOI: 10.1590/S1983-41952014000200004.

Cavalcanti, L. S. (2010) Efeito de alguns modificadores de ligante na vida de fadiga e deformação permanente de misturas asfálti-cas. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil), COPPE/UFRJ, Rio de Janeiro.

DNIT 031 - ES (2006) Pavimentação Asfáltica – Concreto Asfáltico – Especificação de Serviço. Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes, Rio de Janeiro.

DNIT 095 - EM (2006) Cimentos asfálticos de petróleo – Especificação de material. Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Rio de Janeiro.

DNIT 135 - ME (2018) Pavimentação Asfáltica – Mistura Asfálticas - Determinação do módulo de resiliência – Método de ensaio. Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Rio de Janeiro.

DNIT 136 - ME (2018) Pavimentação Asfáltica – Mistura Asfálticas - Determinação da resistência à tração por compressão diametral – Método

de ensaio. Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Rio de Janeiro.

DNIT 178 - PRO (2018) Pavimentação asfáltica – Preparação de corpos de prova para ensaios mecânicos usando o compactador giratório Superpave ou o Marshall- Procedimento. Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Rio de Janeiro.

DNIT 180 - ME (2018) Pavimentação – Misturas asfálticas – Determinação do dano por umidade induzida – Método de ensaio. Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Rio de Janeiro.

DNIT 183 - ME (2018) Pavimentação asfáltica - Ensaio de fadiga por compressão diametral a tensão controlada – Método de ensaio. Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Rio de Janeiro.

DNIT 184 - 2018 (2018) Pavimentação – Misturas asfálticas – Ensaio uniaxial de carga repetida para determinação da resistência à deformação permanente – Método de ensaio. Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Rio de Janeiro.

DNPM (2016) Sumário Mineral. Departamento Nacional de Produção Mineral, Brasília.

Etim R. K.; Eberemu, A. O. e Osinubi, K. J. (2017) Stabilization of black cotton soil with lime and iron ore tailings admixture. Transportation Geotechnics, v. 10, p. 85-95. DOI: 10.1016/j.trgeo.2017.01.002.

Freitas, H. B. e Motta, L. M. G. (2008) Uso de escória de aciaria em misturas asfálticas de módulo elevado. Transportes, v. 16, n. 2, p. 5-12. DOI: 10.14295/transportes.v16i2.22.

Hintz, C. e Bahia, H. U. (2013) Simplification of linear amplitude sweep test and specification parameter. Transportation Re-search Record: Journal of the Transportation Research Board, n. 2370, p. 10-16. DOI: 10.3141/2370-02.

Hossain, M.; Fager, P. E. e Maag, R. G. (2016) Superpave Volumetric Mixture Design and Analysis Handbook. Kansas State Univer-sity, Manhattan, Kansas.

Fengler, R. Z. (2018) Caracterização de ligantes e misturas asfálticas modificados com a adição de Trinidad lake asphalt, Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil), COPPE/UFRJ, Rio de Janeiro.

Fengler, R. Z.; Osmari, P. H; Leite, L. F. M.; Nascimento, L. A. H.; Fritzen, M. A. e Aragão, F. T. S. (2019) Impact of the addition of Trinidad Lake Asphalt (TLA) on the rheological and mechanical behavior of two asphalt binders. Road Materials and Pavement Design, v. 20, p. S827-S840. DOI: 10.1080/14680629.2019.1633789.

Ibiapina, D. S.; Castelo Branco, V. T. F.; Diógenes, L. M.; Motta, L. M. G. e Freitas, S. M. (2018) Proposição de um sistema de clas-sificação das propriedades de forma de agregados caracterizados com o uso do processamento digital de imagens a par-tir de materiais oriundos do Brasil. Transportes, v. 26, n. 4, p. 116-128. DOI: 10.14295/transportes.v26i4.1510.

Nogueira, M. G. (2008) Comparação do comportamento em campo de concretos asfálticos com CAP 30-45 e com CAP 50-70 para revestimentos de pavimentos. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil), POLI/USP, São Paulo.

Ojuri, O. O.; Adavi, A. A. e Oluwatuyi, O. E (2017) Geotechnical and environmental evaluation of lime-cement stabilized soil-mine tailing mixtures for highway construction. Transportation Geotechnics, v. 10, pg. 1-12. DOI: 10.1016/j.trgeo.2016.10.001.

Osinubi, K. J.; Yohanna, P. e Eberemu, A. O. (2015) Cement modification of tropical black clay using iron ore tailings as admix-ture. Transportation Geotechnics, v. 5, p. 35-49. DOI: 10.1016/j.trgeo.2015.10.001.

Osmari, P. H.; Aragão, F. T. S.; Leite, L. F. M.; Simão, R. A.; Motta, L. M. G. e Kim, Y. (2017) Chemical, Microstructural, and Rheological Characterizations of Binders to Evaluate Aging and Rejuvenation. Transportation Research Record: Journal of the Transportation Research Board, v. 2632, p. 14-24. DOI: 10.3141/2632-02.

Pinto Netto, Q. M. e Guimarães, A. C. R. (2018) Caracterização laboratorial de resíduos de mineração como agregado alterna-tivo para misturas asfálticas. Revista Ibero Americana de Ciências Ambientais, v.9, n.5, p. 88-98. DOI: 10.6008/CBPC2179-6858.2018.005.0009.

Ravi Kumar, C. M.; Kumar, A.; Prashanth, M. H. e Venkat, R. (2012) Experimental studies on iron-ore tailing based interlocking paver blocks. International Journal of Earth Sciences and Engineering, v. 5, n. 3, p. 501-504.

Silva, F. L.; Araújo, F. G. S.; Castro, C. G. e Kruger, F. L. V. (2015) Results of the leaching, water absorption and mold release for concrete blocks with the addition of the concentration tailings of iron ore. Materials Science Forum (Online), v. 820, p. 549-552. DOI: 10.4028/www.scientific.net/MSF.820.549.

Silva, R. G. O e Fernandes, G. (2013) Estudo laboratorial do desempenho mecânico de misturas asfálticas com escória de aciaria e resíduos industriais de minério de ferro. Revista Pavimentação, v. VIII, p. 44-52.

Silva, R. G. O. (2017) Caracterização de concreto asfáltico elaborado com rejeitos de minério de ferro do Quadrilátero Ferrífero. Tese (Doutorado em Geotecnia), Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto.

Valadares, R. G. e Guimarães, A. C. R. (2017) Comportamento mecânico de areia-asfalto contendo resíduo: uma alternativa para pavimentos de baixo volume de tráfego. Anais do XIX Congresso Ibero-Latino Americano do Asfalto.

Velasquez, R.; Turos, M.; Moon, K. H.; Zanko, L. e Marasteanu, M. (2009) Using recycled taconite as alternative aggregate in asphalt pavements. Construction and Building Materials, v. 23, p. 3070-3078. DOI: 10.1016/j.conbuildmat.2009.04.003.

Wang, Z.; Xu, C.; Wang, S.; Gao, J. e Ai, T. (2016) Utilization of magnetite tailings as aggregates in asphalt mixtures. Construc-tion and Building Materials, v. 114, p. 392-399. DOI: 10.1016/j.conbuildmat.2016.03.139.

Xiong, D.; Lu, L. e Holmes, R. J. (2015) Developments in the physical separation of iron ore: magnetic separation. Iron Ore - Mineralogy, Processing and Environmental Sustainability, p. 283-307. DOI: 10.1016/B978-1-78242-156-6.00009-5.

Downloads

Publicado

2020-04-30

Como Citar

de Souza, T. D., de Albuquerque e Silva, B.-H., Guimarães, A. C. R., & Mesquita, A. R. (2020). Propriedades mecânicas de concretos asfálticos dosados com rejeitos do beneficiamento magnético a seco do minério de ferro. TRANSPORTES, 28(1), 175–187. https://doi.org/10.14295/transportes.v28i1.1964

Edição

Seção

Artigos