Modelagem da vida de fadiga e do acúmulo de deformações permanentes em pavimentos asfálticos por meio de um modelo de dano contínuo

Victor Ferreira Teixeira, Flávio Vasconcelos de Sousa, Jorge Barbosa Soares

Resumo


É sabido que as condições das rodovias brasileiras têm grande impacto sobre a economia nacional. Diante disso, nasce a necessidade de uma busca por métodos de análise de pavimentos que possam prever com maior precisão as falhas as quais o pavimento está submetido. Dentre os principais métodos utilizados atualmente, pode-se citar os métodos puramente empíricos e aqueles mecanístico-empíricos que fazem uso da resposta estrutural do pavimento. A aprimoração de técnicas numéricas como o Método dos Elementos Finitos (MEF) ou o Método dos Elementos de Contorno (MEC) tem feito com que os métodos mecanístico-empíricos ganhem cada vez mais espaço e sejam mais usados no dimensionamento de pavimentos. O presente trabalho apresenta um modelo mecanístico que considera a evolução do dano causado pelos carregamentos e, conseqüentemente, possibilita uma melhor simulação da vida de fadiga da camada asfáltica. O modelo também possibilita uma melhor modelagem do acúmulo de deformação permanente nos pavimentos através do uso da Teoria da Viscoelasticidade, permitindo assim avaliar as duas principais falhas dos pavimentos flexíveis.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/transportes.v15i2.32

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2007 Victor Ferreira Teixeira, Flávio Vasconcelos de Sousa, Jorge Barbosa Soares

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

TRANSPORTES (ISSN: 2237-1346) é uma publicação da ANPET - Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes (www.anpet.org.br)

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.