Escolha de modo no acesso terrestre a aeroportos considerando a confiabilidade do tempo de viagem

Autores

  • Bianca Bianchi Alves Departamento de Engenharia de Transportes, Escola Politécnica, Universidade de São Paulo
  • Orlando Strambi Departamento de Engenharia de Transportes, Escola Politécnica, Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.14295/transportes.v19i1.486

Resumo

Resumo: O objetivo do trabalho é identificar variações sistemáticas da importância atribuída por viajantes aéreos aos fatores que influenciam a escolha de modo para acesso terrestre ao Aeroporto Internacional de São Paulo. A análise utilizou dados de uma pesquisa de preferência declarada conduzida com residentes na região viajando para destinos internacionais. Os indivíduos ordenavam 4 alternativas: automóvel, táxi, ônibus expresso existente e um trem expresso proposto, descritas pelos atributos de custo, tempo esperado de viagem e confiabilidade do tempo de viagem, expressa através de uma margem de segurança. Modelos de escolha discreta foram estimados, considerando os efeitos de painel, aninhamento e de inércia. Os resultados indicaram que viajantes a negócios e de alta renda são menos sensíveis ao custo da viagem de acesso ao aeroporto. A importância da confiabilidade do tempo de viagem é maior do que a atribuída ao tempo esperado de viagem e não foi afetada por variações sistemáticas.

Palavras-chave: valor de confiabilidade; acesso terrestre a aeroportos; escolha de modo; modelo logit misto; preferência declarada.

Abstract: The paper analyses systematic variation of tastes and preferences of air travelers regarding the choice of mode for the ground access to the São Paulo International Airport. A stated preference survey was conducted with individuals traveling to international destinations. Each respondent ranked 4 alternatives: auto, taxi, the existing express bus, and a proposed express train. Attributes describing modes were travel cost, average travel time and travel time reliability, expressed as a safety margin – the time period allocated by the individual for arriving at the airport at the preferred time. Discrete mode choice models were estimated, considering panel, nesting and inertia effects. Results indicated that business and higher income travelers are less sensitive to access cost. The importance of the reliability of travel time is higher than the importance of average travel time and is not affected by systematic variations.

Keywords: value of realibility; ground access to airport; modal choice; mixed logit model; stated preference.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-07-02

Como Citar

Alves, B. B., & Strambi, O. (2011). Escolha de modo no acesso terrestre a aeroportos considerando a confiabilidade do tempo de viagem. TRANSPORTES, 19(1), 68–76. https://doi.org/10.14295/transportes.v19i1.486

Edição

Seção

Artigos