Análise da susceptibilidade térmica de ligantes asfálticos através da energia de ativação de fluxo

Raquel Moraes Bringel, Sandra de Aguiar Soares, Jorge Barbosa Soares

Resumo


A energia de ativação de fluxo (Ef) é um parâmetro que pode ser relacionado com a susceptibilidade térmica dos ligantes asfálticos puros e modificados, possibilitando informações úteis acerca do desempenho destes em serviço. A obtenção deste parâmetro se dá através da técnica da viscosimetria ou da técnica da reometria. Neste trabalho, os ensaios para o cálculo da Ef foram realizados em um viscosímetro rotacional e em um reômetro de cisalhamento dinâmico (DSR). As equações utilizadas nas correlações com cada técnica estão aqui descritas. Os ligantes que apresentaram mais baixos valores da Ef são considerados menos susceptíveis às variações de temperatura nas faixas trabalhadas. Os ligantes modificados com o polímero EVA apresentaram Ef mais baixas e, portanto, menor susceptibilidade térmica do que aqueles que contêm o polímero SBS. Observou-se também que, após o envelhecimento oxidativo, a ordem da susceptibilidade térmica dos ligantes mostrou-se diversa em relação à das amostras não envelhecidas, demonstrando a influência dos polímeros e aditivos no processo de envelhecimento. A presença dos aditivos (cal hidratada e LCC) parece contribuir para reduzir a susceptibilidade térmica do ligante.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/transportes.v17i1.75

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2009 Raquel Moraes Bringel, Sandra de Aguiar Soares, Jorge Barbosa Soares

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

TRANSPORTES (ISSN: 2237-1346) é uma publicação da ANPET - Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes (www.anpet.org.br)

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.